Dieta Alcalina Primeiros passos para fazer

Primeiros passos para fazer Dieta Alcalina

Dieta Alcalina Primeiros passos para fazer

A dieta alcalina, como o próprio nome diz, dá prioridade aos alimentos alcalinos, ou seja, que não são ácidos, os quais deixam o sangue também mais ácido, prejudicando o bom funcionamento do corpo.

No entanto, existem muitos alimentos ácidos, por isso, eles não precisam ser eliminados totalmente do seu cardápio.

Dessa forma, os primeiros passos para fazer dieta alcalina consistem em incluir na sua alimentação diária 60% de alimentos que são alcalinos e os outros 40% podem ser ácidos.

 Para tanto, em uma dieta com cinco refeições por dia, você pode fazer duas que contenham também alimentos ácidos e nas outras três ingerir apenas alimentos alcalinos.

A dieta alcalina, portanto, permite aos seus adeptos tornar o pH do seu sangue neutro, a fim de manter o seu organismo mais saudável.

Uma dieta pobre em alimentos ácidos colabora ainda com o emagrecimento. Então, depois de entender como funciona essa dieta, o próximo passo para fazer a dieta alcalina é conhecer os alimentos ácidos e os alcalinos.

Quias alimentos podem ser consumidos na dieta alcalina

Os alimentos alcalinos são os principais na dieta que buscar tornar o pH do sangue neutro, sendo que eles podem ser altamente, moderadamente ou ligeiramente alcalinos. Veja abaixo exemplos de cada um dos grupos

Alimentos altamente alcalinos:

  • Pepino;
  • Salsa;
  • Coentro;
  • Couve;
  • Semente de abóbora;
  • Algas marinhas;
  • Erva de trigo;
  • Adoçante stévia.

Alimentos moderadamente alcalinos:

  • Soja;
  • Feijão branco;
  • Cebola;
  • Tomate;
  • Alface;
  • Repolho;
  • Abacate;
  • Brócolis;
  • Beterraba;
  • Aipo;
  • Rabanete;
  • Pimentão;
  • Pimenta caiena;
  • Orégano;
  • Gengibre;
  • Tomilho;

Alimentos ligeiramente alcalinos:

  • Lentilha;
  • Ervilha;
  • Azeite;
  • Óleo de abacate;
  • Óleo de coco;
  • Tofu;
  • Ervas aromáticas;
  • Limão;
  • Quinoa;
  • Fígado de bacalhau;
  • Abobrinha;
  • Repolho Roxo;
  • Chicória;
  • Couve-flor;
  • Nabo;
  • Agrião;
  • Cenoura;
  • Berinjela;
  • Cebolinha;
  • Alcachofra;

Quis alimentos devem ser evitados na dieta alcalina:

Embora os alimentos ácidos não precisem ser totalmente eliminados da dieta alcalina, pois o seu objetivo é deixar o sangue com pH neutro, é importante evitar alguns alimentos. Os ácidos também são divididos pela sua intensidade, sendo melhor evitar principalmente os altamente ácidos.

Alimentos altamente alcalinos:

  • Carnes vermelhas e brancas;
  • Ovos;
  • Queijo;
  • Amendoim;
  • Frutas secas;
  • Batata;
  • Cogumelos
  • Centeio;
  • Milho;
  • Bebidas alcoólicas;
  • Café;
  • Refrigerantes;
  • Sucos de fruta;
  • Cacau;
  • Alimentos doces (sorvete, geleias, etc);
  • Vinagre;

Alimentos moderadamente ácidos:

  • Manteiga;
  • Óleo de milho;
  • Muitas frutas;
  • Iogurte;
  • Arroz;
  • Trigo;
  • Aveia;
  • Batata doce;

Alimentos ligeiramente ácidos:

  • Feijão;
  • Grão de bico;
  • Óleo de girassol;
  • Leite;
  • Castanha do Pará;
  • Avelã.

Benefícios da dieta alcalina

Dieta Alcalina Primeiros passos para fazer

O problema dos alimentos ácidos é que eles aumentam a acidez no sangue, desequilibrando seu o pH. Por consequência, pode haver enfraquecimento do sistema imunológico e o desenvolvimento de problemas de saúde, inclusive, gripes, dores crônicas e inflamações.

Alguns alimentos ácidos mais especificamente também provocam a retenção de líquidos e facilitam a prisão de ventre.

Outros problemas que os alimentos ácidos podem causar são na adequada digestão, bem como motores e cerebrais, no entanto, isso apenas ocorre se eles estiverem de maneira excessiva no cardápio.

Assim, com a dieta alcalina, o organismo funciona de maneira mais plena, evitando as dores, o cansaço e o desenvolvimento de doenças, até mesmo sérias, como alguns tipos de câncer.

Mesmo com tantos benefícios, quem possui doenças deve consultar o seu médico antes de aderir a esse cardápio.

Dieta alcalina e emagrecimento

Embora o foco dessa dieta não seja a perda de peso, outro benefício da dieta alcalina é que ela promove o emagrecimento, uma vez que os alimentos mais alcalinos são menos calóricos.

Mesmo assim, é preciso estar atento aos grupos alimentares a que eles pertencem.

Isso porque é de extrema importância todos os dias, ingerir carboidratos, proteínas e boas gorduras nas quantidades apropriadas.

Além disso, é necessário buscar receitas diferentes para incluir com mais assiduidade os alimentos alcalinos na dieta, pois a sua variedade é menor.

Por outro lado, possui a vantagem de contar com as ervas e temperos, essenciais para pratos deliciosos.

 Também há algumas oleaginosas, como o feijão branco, ervilha e lentilha, que são alimentos alcalinos que podem e devem estar presentes na sua dieta, pois são proteínas de origem animal de alto poder nutritivo.

Da mesma forma, a grande maioria dos legumes e verduras é alcalina.

Com esses alimentos como aliados é possível preparar uma ampla variedade de pratos repletos de fibras, vitaminas e minerais, fundamentais para o bom funcionamento do organismo.

Você quer fazer dieta e ter um emagrecimento saudável? Mas não sabe por onde começar. Confira esse guia completo para quem quer perder gordura abdominal e emagrecer.

Clique aqui Clique aqui

   

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *